[RESENHA] A HISTÓRIA DO MUNDO PARA QUEM TEM PRESSA, EMMA MARRIOTT


Ano: 2015
Páginas: 200
Língua: Português
Editora: Valentina
Preço Médio: 29,90

Resenha escrita por Thammy dos Anjos


Sinopse: É um desafio e tanto resumir mais de 5 mil anos de história em apenas 200 páginas, mas é exatamente isso o que este audacioso livro conseguiu. A História do Mundo para Quem Tem Pressa é na verdade um guia sintético, mas abrangente, para tudo o que precisamos saber sobre os acontecimentos mais importantes da história, desde as antigas civilizações até o final da Segunda Guerra Mundial e a criação da ONU. Quer esteja interessado no império de Alexandre, o Grande, ou no florescimento da república cartaginesa e sua destruição por Roma; na ascensão dos califados árabes ou na dinastia Tang, da China; na Guerra Civil Norte-Americana ou na emancipação das mulheres, você encontrará os fatos essenciais neste livro igualmente essencial. Conciso, agradável de ler e elegantemente simples, mas abalizado, A História do Mundo para Quem Tem Pressa permite que o leitor compreenda a interconexão do tempo e dos acontecimentos. Finalmente, uma síntese da história que não deixa pedra sobre pedra e nos ensina como o mundo moderno se tornou o que é.


Desde a primeira vez que bati o olho no título desse livro, fiquei pensando “preciso ler”! Admito que, no início, a primeira coisa que veio em mente foi: “história do mundo em duzentas páginas? Você tá de brincadeira! Isso é impossível!”, e admito também que minha primeira impressão estava extremamente errada. Sabe aquele seu amigo que vive reclamando que história é muito chata? Possivelmente até ele vai gostar deste livro.

O primeiro ponto positivo é a fluidez com a qual a autora estruturou o livro. Raramente um tópico ultrapassa dois parágrafos ou uma página, o que faz com que o livro não fique repetitivo ou maçante. Dá perfeitamente para ler ele inteiro em uma unica sentada — e sem se perder no caminho! O segundo ponto positivo é a precisão das informações: é um “resumão”, sim, mas não deixa a desejar na veracidade das fontes. O livro também conta com mapas detalhados e curiosidades dos tópicos que estão sendo abordados, coisas que o leitor não encontraria em um livro didático, por exemplo.

O maior ponto positivo, pra mim, foi a capacidade do livro de fornecer uma visão ampla do cenário mundial que teria passado despercebida normalmente. O conteúdo está tão bem “mastigado”, que enquanto a leitura está em andamento, automaticamente você consegue juntar as peças e entender por que certas coisas aconteceram, tudo através da análise do que estava acontecendo no mundo naquele determinado tempo histórico.

Com uma linguagem jovial e descontraída que conversa muito bem com o leitor, A História do Mundo Para Quem Tem Pressa é um livro indicado para todas as idades e gostos — desde quem odeia/odiava história na escola até grandes entusiastas, como eu mesma. Um ítem indispensável para uma compreensão de mundo diferente, e que, não tenho dúvidas, pode desmitificar aquela famosa ideia que história tem que ser tediosa.

Por hoje é só,

Um beijo e boas leituras!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.