[RESENHA] A Ruiva Revelada, Alice Clayton




Sinopse: A vida é doce. Grace Sheridan acabou de ganhar o papel dos sonhos numa peça fora do circuito Broadway. E além disso, o talentoso bonitão Jack Hamilton aparece em sua vida, inundando sua caixa de mensagens com cintilantes SMS e fotos escandalosas, um bambambam britânico de vinte quatro anos de idade, cuja carreira em Hollywood está para deslanchar. Dessa forma, o que acontecerá se o caloroso relacionamento não for exclusivo? E as fãs enlouquecidas de Jack pegando no seu pé?

A ausência faz o coração se aquecer, mas suas poucas visitas de final de semana estão mais para um fast-food do que para os jantares românticos que sonhava. E eis que o criador do novo show de Grace é o homem que partiu seu coração no colégio, e ele parece ter escrito a peça somente para compensar com seu amor de junventude.

A que se espalham os rumores que Jack e sua amável ex voltaram, Grace começa a duvidar de seus próprios sentimentos. Será que a luxúria será suficiente para manter unido nosso casal exuberante, ou Grace cairá em braços mais seguros e familiares...?

Uma das coisas que mais me chamou atenção no livro é o quão mais picante ele é, em comparação ao primeiro volume.

Grace agora vive diversos dilemas e é justamente isso que eu adorei nesse segundo volume. Ela está em outra cidade, seu relacionamento agora é a distância -  o que vai ajudar a clarear muito mais seus sentimentos - está convivendo com seu ex e analisando melhor sua vida.
Está na hora de tomar decisões, de firmar o coração, o corpo - isso seguramente fica com Jack! rsrsrsr - e a alma.

Apesar dessas mudanças, o livro não se aprofunda muito no amadurecimento da protagonista, mas é divertido também.

Assim como já era de esperar, o final deixa muitas pontas soltas e já estou sofrendo para ler e entender como essa história vai acabar!

XoXo


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário